fbpx

O que considerar na hora de escolher a plataforma de e-commerce?

por Julio Lazzaron em 31/03/2021 5 min de leitura

Se a migração para o ambiente digital é algo irreversível, é fundamental fazê-lo de maneira eficiente para que atenda as necessidades exigidas pelo meio. Assim, escolher uma plataforma dinâmica, que otimize os resultados e integre processos automatizados é imprescindível. Por isso, a atenção com as técnicas e metodologias permitidas pela mesma, são nortes para a escolha de uma alternativa que dê destaque diante da concorrência.

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm) projeta que o e-commerce movimente cerca de R$ 79,9 bilhões ao fim deste semestre. A movimentação deste mercado calcula a totalidade dos últimos 12 meses. E outras tantas pesquisas trazem as mesmas perspectivas positivas de crescimento. O aceleramento desta modalidade de compras, que já era uma tendência, se justifica na mudança de comportamento do consumidor. Se antes ia até as lojas físicas, agora o distanciamento social sugere, e até mesmo exige, que as necessidades de compras sejam supridas nas lojas virtuais. 

Essa onda do eletrônico já era esperada, pois estava prevista. Todavia, um maior número de empresas, marcas e demais iniciativas que vendem produtos ou prestam serviços estão alterando, inclusive, seus meios de produção. E se antes estas ditavam alguma postura ao consumidor, agora precisam seguir atentamente o que ele deseja. Afinal, o suporte personalizado é exigência para manter interessado um usuário constantemente bombardeado por tantas outras opções.

Ainda de acordo com a Abcomm, a cada minuto uma nova loja virtual é criada. Esse manifesto dos rumos que serão seguidos, indica mais migração de lojas físicas para o ambiente virtual. Indica ainda que a junção dos meios, como propõe o omnichannel, é uma estratégia muito importante para se manter competitivo no mercado. 

Assim, é preciso escolher bem os meios, mas também realizar o devido planejamento das ações. Seriedade, visão e conhecimento de mercado, segurança e o domínio de técnicas e novas ferramentas são o caminho para a conexão do cliente com a plataforma. Assim, alguns aspectos na escolha do e-commerce devem ser levados em consideração para aderir a este universo e evitar falhas ou desgastes futuros. Por isso, é preciso optar por algumas garantias dentro desta página. Confira as principais, a seguir.

Interface atrativa e intuitiva

A avaliação das funcionalidades e recursos que o perfil consumidor demanda é um passo necessário. Todavia, ele se mostra apenas após uma minuciosa avaliação do campo de atuação do negócios, reconhecimento de mercado, oportunidades e concorrentes. Além disso, os objetivos com a abertura de uma loja virtual também precisam ser claros logo de início.

Com base no setor, mas, principalmente, no comportamento do público alvo, é possível compreender quais aplicações e interfaces são relevantes para o comércio.

A plataforma Magento, por exemplo, permite, devido a sua estrutura modularizada, a utilização de templates (temas) para customizar sua loja.

Atendendo às exigências dos usuário, por meio de uma plataforma que possibilite uma administração intuitiva e garanta uma boa experiência pessoal de navegação e compra. 

Servidor estável

Servidores ou softwares que forneçam serviços a determinada rede de computadores precisam ser eficientes e garantir o processamento de informações, sem prejudicar, por conta da manutenção, a estabilidade on-line do site.

A Magento dispõe de uma flexibilidade para suportar um baixo e um alto fluxo de visitas, portanto, uma hospedagem em nuvem (Cloud) pode fazer com que a plataforma tenho o desempenho ideal para seu negócio.

Integração com Marketing digital

Divulgar para atrair, mas também fidelizar. Este é o propósito das ações de marketing. Assim, e-mail marketing, redes sociais, anúncios e comparadores de preços são alguns meios que devem ser incorporados neste projeto e-commerce. 

E neste sentido, plataformas que tragam funcionalidades de SEO e posicionam seu site com destaque nas páginas de buscas, como Google,  precisam ser priorizadas no momento da escolha. A Magento, além de oferecer esta estrutura, dispõe de módulos para a criação de pop-up  e Módulo Google Shopping, que tem como objetivo importar os seus produtos para de dentro do Marketplace do Google

Compra e entrega

Com uma página dinâmica, intuitiva, que resulte em boa experiência para o usuário que navega e um sistema que garante funcionalidade, é preciso investir em uma plataforma que se integre com outros meios e possibilite diversas formas de pagamentos. Esse é o tipo de diferencial que deve ser regra, porque muitos clientes podem desistir de uma compra por não se enquadrarem nas modalidades disponíveis no e-commerce. 

O mesmo se dá em relação à entrega das mercadorias. O maior número de alternativas ao cliente vai fazê-lo sentir seguro e confortável. Ademais, boas parcerias para serviços de logística ampliam a adesão do público a esta loja. Até porque dentro desta perspectiva, o que não é feito em uma iniciativa, outra marca pode vir a fazer.

Assim, optar por uma plataforma que possua um sistema de integração automática com empresas de logística, Correios, e outros, como a Magento, é uma escolha assertiva. Principalmente, se pensado em seu processo de checkout eficiente para garantir o término da compra.

A plataforma ideal é aquela que aponta sucesso para as marcas

Confiança e credibilidade no mercado devem ser características valorizadas na hora de escolher a plataforma ideal para iniciar o seu e-commerce. E, neste sentido, a Magento Commerce apresenta inúmeros diferenciais.

A companhia da Adobe duplicou o tamanho da operação na América Latina no ano de 2020, em comparação com o resultado de 2019. Só no Brasil, uma média de 30 novos clientes foram conquistados a cada trimestre. O montante representa, hoje, 30% dos negócios das Américas. 

O crescimento já era esperado, não apenas pelas projeções da empresa, mas também pelo avanço do e-commerce de maneira geral. E pela demanda por suporte a empresas que precisaram de auxílio para se estruturarem diante da pandemia da Covid-19, ela dobrou de tamanho.

A marca tem em seu portfólio Minerva Foods, Grupo Rio Branco, Goodwayer, além de Casa Almeida, Asus, e outras tantas. Ademais, a Magento também presta apoio a marketplaces como Simpress, ABB e Brasilseg. Ou seja, a onda de aumento significativo na digitalização das companhias B2B, também impulsionou este cenário.

A marca ainda deve trazer novidades para o segmento. Conforme informações, ainda em 2021 será ampliado o Marketo na América Latina. A ferramenta de orquestração de marketing propõe soluções de comunicação para as marcas garantirem uma interação mais eficiente com os clientes.

Além disso, a integração do Sensei, a inteligência artificial da Adobe, com o Search, deve ocorrer. Trata-se de uma ferramenta de busca da Magento, para que os consumidores das lojas consigam fazer buscas de produtos por imagem. Junto dela, algumas atualizações estão previstas. Entre elas,  garantia de melhor experiência de navegação de página, com personalizações de acordo com histórico de compra e pesquisa do consumidor em lojas Magento.

A Tezus é expert em soluções Magento e desenvolve soluções customizadas de e-commerce. Se precisar de uma ajudinha para alavancar o seu negócio no digital, conte com o nosso time de especialistas!

Somos Expert em Soluções Magento

Há quase 10 anos no mercado, a Tezus desenvolve soluções customizadas de e-commerce com a melhor plataforma do mundo.

Saiba o que a Tezus pode fazer pelo seu e-commerce

FALE COM UM ESPECIALISTA