fbpx

Live commerce: estratégia de vendas para a sua loja virtual

por Julio Lazzaron em 26/05/2021 5 min de leitura

Vender produtos via live é a grande tendência com a chegada do Live Commerce. A iniciativa chinesa tem crescido consideravelmente no contexto da pandemia e já é popular no Brasil. O Taobao, e-commerce do Alibaba, na China, faturou US$ 15,1 bilhões em vendas nesse formato em 2018. Na época, já se indicava movimentação de US$ 155 bilhões do Live Commerce para o ano de 2020.

A pandemia fez com que donos de e-commerces no Brasil investissem mais nesta proposta. O cenário apresentou crescimento de 47% no primeiro semestre do ano no País. A alta foi a maior em 20 anos, de acordo com dados da Nielsen.

O Live Commerce passa a ser visto como tendência da vez e o “futuro próximo” para a publicidade, que se utiliza de influenciadores como estratégia de marketing. Dengo, Chili Beans, Americanas e Renner foram algumas das marcas que acreditaram neste recurso.

É a união de pontos comuns em transmissões ao vivo com o universo das vendas. Aqui, as vendas são feitas com o auxílio e suporte de plataformas multimídias. Mas é diferente de algumas ações que vêm surgindo.o Live Commerce toda a conversação e efetivação de venda acontece na mesma plataforma.

As especificidades e ofertas do produto são apresentadas aqui. Isso tudo no mesmo ambiente e em tempo real. Assim, é possível adquirir naquele mesmo momento a compra.

Todavia, por mais familiar que possa parecer, é algo complexo e que envolve diversos fatores. Além da necessidade de mesclar uma série de tecnologias, há a qualidade do material  veiculado. E, para garantir essa qualidade, é preciso preparar o ambiente e também a equipe de condução deste trabalho.

A proposta deve ser incorporada por todos os envolvidos para fazer sentido para o consumidor alvo. Assim, a criação de uma grade de programação relevante é necessária, que converse com o público e seja interessante. Ademais, que vendedores-apresentadores precisam de treinamento adequado para entregar este produto.

Desta forma, é fundamental o movimento dos e-commerces com iniciativas de outros segmentos. Afinal, se trata de uma ação que pede uma série de habilidades.

Live Commerce: uma aposta mais que promissora

E diante do cenário pós-pandemia incerto, os investimentos são vistos como arriscados, mesmo com o Brasil sendo o sétimo país com lives mais assistidas. Ou seja, o retorno a médio ou curto prazo é um fator que amedronta proprietários de e-commerces. Isso torna a modalidade um diferencial ainda maior, ao menos neste atual contexto ainda pandêmico.

Além da publicidade, um dos ganhos notáveis é a ampliação do contato com o cliente. Inclusive, a possibilidade de remarketing é muito maior. Afinal, é possível abrir um canal de contato com quem adquiriu produto e manter fluida esta comunicação. E isso, por si, já justifica a necessidade de investimento nesta nova tendência, mas é possível aprofundar.

O alto nível de exigência dos consumidores não é nenhuma novidade. As pessoas esperam que as ofertas ideais caiam na sua frente. E a metáfora não está equivocada. Com o alto nível de competição entre marcas, é cada vez mais sugerido que, sim, se entregue cada vez mais o conteúdo mastigado para análise. Mas os fatores que fortalecem esta ideia - real - de tendência são os seguintes pontos:

Interação com o consumidor

O fato de o consumidor poder comentar, curtir, compartilhar e opinar sobre os conteúdos das marcas revela o impacto das mídias sociais. Assim, as lives são um produto que enfatiza esta interação. Nelas os consumidores querem interagir, tirar dúvidas e fazer comentários. A atração ocorre na hora do contato.

Além desta resposta imediata, é preciso destacar que se trata de uma estratégia que colabora bastante na criação de uma audiência qualificada. Afinal, filtra-se aquela que é mais participativa e propensa a realizar a compra.

Influenciadores ajudam na decisão de compra

Sejam em campanhas publicitárias, lançamentos de produtos ou mesmo reafirmação de marca, os influenciadores podem ser vistos como ferramentas. É notável o alto grau de investimento que marcas fazem pela imagem destas pessoas em prol de atingir seu público.

Segundo uma pesquisa realizada pela Qualibest, 73% do grupo entrevistado já comprou algum produto por indicação de influenciadores. O mesmo levantamento aponta que outros 86% já descobriram novos produtos por meio deles. Desta maneira, a ideia de clarear ainda mais os resultados que esses profissionais podem trazer para o varejo é concreta.

Condições especiais e descontos instantâneos para atrair públicos

Os descontos e promoções podem ser o mote de uma live. A divulgação de condições especiais ajuda a alcançar ainda mais público para a transmissão e estimula a compra para quem está assistindo.

Aumento das vendas eletrônicas

O dado também trazido ainda no início do texto reforça a Live Commerce para o aumento de vendas no eletrônico. O artigo da Forbes que avaliou o festival de compras chinês de 2020 registra 100% de crescimento.

A modalidade é positiva para vendas e cresce devagar no Brasil. Ainda assim, é um forte nicho para se investir. Plataformas completas e equipadas darão conta dessa demanda que no País é atendida por Instagram e Facebook. Há ainda outros fatores a serem observados pelos e-commerces, como:

  • fator humano: a conversação em tempo real entre lojista e consumidor ocorre de fato e aproxima pessoas reais;
  • atenção com o produto: o cuidado com aquilo que será ofertado será ainda maior. Será preciso evitar desconfortos em tempo real com produtos que não valem o risco da exposição;
  • tráfego: o lojista precisará utilizar gatilhos que envolvam as pessoas nestas transmissões;
  • produção: pensar o cenário onde o ao vivo ocorre é um ponto de grande impacto naquilo que o lojista quer transmitir.

Por fim, mesmo com a evolução contínua do e-commerce, o consumidor dita as regras e a Live Commerce é uma necessidade. Ela melhora e faz crescer a venda via lojas virtuais. Mas é preciso melhorar para o mercado.

Investir em Live Commerce, portanto, é questão de sobrevivência para quem quer permanecer relevante e atuante. Por isso, prepare o seu negócio para este cenário e conte com empresas que dominam este meio com experiência e muito embasamento.

A Tezus é expert em Soluções de alta performance e na plataforma Magento. Fale conosco para saber como aproveitar essa estratégia na sua loja virtual!

Somos Expert em Soluções Magento

Há quase 10 anos no mercado, a Tezus desenvolve soluções customizadas de e-commerce com a melhor plataforma do mundo.

Saiba o que a Tezus pode fazer pelo seu e-commerce

FALE COM UM ESPECIALISTA