fbpx

LGPD entra em vigor em agosto. Como está a sua loja virtual?

por Tezus em 30/07/2021 4 min de leitura

Multas e sanções entram em vigor em agosto, é fundamental adequar o seu e-commerce a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A norma orienta e responsabiliza sobre coleta, uso e armazenamento de dados pessoais dos consumidores. Assim, a medida impacta diretamente na atuação de lojas virtuais, que precisam proteger estas informações particulares. Do contrário, penalidades poderão ser aplicadas.

Cenário empresarial

Segundo a Codeba, 84% das empresas ainda não se adaptaram à nova Lei. O número alto preocupa, principalmente pela falta de despreparo e vulnerabilidade das iniciativas diante desta fiscalização. A LGPD entra em vigor em agosto deste ano e multas e sanções serão aplicadas em quem não cumpri com as normas.

O mesmo levantamento ainda aponta que há áreas de maior engajamento do que outras. Profissionais de desenvolvimento, marketing, e-commerce e software somam 65,2% dos grupos de maior interesse no tema. O dado preocupa, já que a Lei é para todos aqueles que coletam, administram e armazenam dados.

Todavia, mesmo os setores interessados ainda apresentam dificuldades, como falta de informação sobre o assunto; dificuldade em encontrar especialistas no tema; prazo de implantação inadequado; e suporte qualificado oriundo de empresas especializadas..

Adequação para garantir segurança

83,7% foi o aumento de golpes digitais neste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados da ClearSale ainda apontam que o montante é a representação dos 601 mil casos socorridos. Desta forma, medidas de urgência contra fraudes precisam ser tomadas. Afinal, estes acontecimentos impactam negativamente na confiança do usuário, que passa a desacreditar nas plataformas de compras virtuais.

E em meio a inúmeros vazamentos de dados, a medida dará segurança para o consumidor navegar pelo seu site. A alta das vendas on-line fez o cliente se sentir mais vulnerável. E diante de tantas ofertas e plataformas, o cliente quer sentir-se seguro para comprar. Ele quer comprar na internet, mas tem medo. E com o alto número de empresas não adequadas, o consumidor se vê em situação de risco. Assim, a LGPD pode, inicialmente, ser um diferencial de um e-commerce.

Veja como adequar o seu e-commerce a LGPD

Para evitar multas e garantir a confiança do cliente, é fundamental adequar o seu e-commerce. Veja, portanto, os principais passos para deixar sua loja virtual ajustada.

Contrate um serviço de assessoria jurídica para dar suporte

O assessoramento de um profissional colabora para uma interpretação correta e livre de surpresas futuras. É necessário que para algo tão novo como a Lei, seja necessário o trabalho de alguém especializado no tema. Ele vai contribuir para a avaliação dos documentos e garantia do cumprimento da lei. Evitando qualquer prejuízo financeiro ou organizacional que possa vir a surgir.

Treine a equipe e escolha um responsável pela LGPD

Todos os colaboradores precisam estar a par da lei e como ela se relaciona com a empresa. Isso evita qualquer problema por falta de conhecimento. É treinando a equipe sobre todas as abordagens da norma que os erros podem ser contornados nos ajustes feitos. Além disso, ter um profissional da equipe responsável pela LGPD é imprescindível. Ele será a pessoa que vai responder à Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD). Além de ser o contato direto da empresa e levar até o órgão incompatibilidades com a lei.

Revise a Política de Cookies e formulários de inscrição

Os tradicionais cookies são os que registram dados como e-mail, cidade e preferência de pesquisas no Google. E para auxiliar nas estratégias de publicidade virtual, são utilizados em primeiros contatos de um usuário em sites e demais plataformas. Desta maneira, é importante propor uma política clara sobre o uso e finalidade dos cookies. Da mesma forma com o consentimento da pessoa sobre a coleta destes dados.

E o mesmo precisa ser feito com os formulários de inscrição de sua loja virtual. E recursos como os checkbox para recebimento de comunicados podem cumprir este papel. Outra possibilidade diante disso é criar um campo de aceite sobre a política de privacidade do site. Ele deve ser preenchido pelo usuário e jamais automaticamente.

Essa regra vale para qualquer tipo de comunicação. Inclusive, revise consentimentos retroativos para evitar complicações futuras. Ou seja, é imprescindível verificar tudo o que é feito, bem como a forma que é feito. A assessoria jurídica especializada saberá como conduzir esta etapa também.

Revise a Política de Privacidade de seu e-commerce

A política de privacidade da sua loja virtual deve ser toda revisada. Ela precisa estar adequada à Lei Geral de Proteção de Dados, com explicações sobre coleta e armazenamento de dados. Da mesma forma com o tempo e finalidade da ação, entre outros detalhes. Esmiuçar informações, neste caso, não será nenhum exagero diante das cobranças que a norma faz.

Utilize uma plataforma segura

O e-commerce deve garantir a segurança por completo de todos os dados coletados. Assim, instale um certificado TLS ou SSL em sua loja. Um site seguro gera credibilidade e confiança aos usuários. Ademais, isso impacta diretamente na credibilidade da marca e na estratégia de SEO. Sites com certificados de segurança priorizados nas páginas de pesquisa.

Penalidades em caso de descumprimento da LGPD

Quem fará a fiscalização da LGPD será a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD).O órgão é vinculado à Presidência da República e criado exclusivamente para a Lei. Assim, quem não estiver de acordo com as normas, já no mês de agosto, estará sujeito a:

  • Multa de até 2% do faturamento com limite de até R$ 50 milhões;
  • Bloqueio ou eliminação dos dados pessoais irregulares;
  • Suspensão parcial do banco de dados; e
  • Proibição parcial ou total das atividades com os dados, que pode prejudicar qualquer forma de contato com o seu cliente final.

Seu e-commerce já está adequado a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)?

Busque as orientações de profissionais especializados  e conte com a Tezus para a otimização da plataforma de seu e-commerce!

Somos Expert em Soluções Magento

Há quase 10 anos no mercado, a Tezus desenvolve soluções customizadas de e-commerce com a melhor plataforma do mundo.

Saiba o que a Tezus pode fazer pelo seu e-commerce

FALE COM UM ESPECIALISTA