POR

10 tendências do e-commerce para 2021

por Julio Lazzaron em 15/12/2020 1 min de leitura
As tendências do e-commerce são um assunto muito importante. Consolidada neste ano, a força do virtual vai continuar crescendo em 2021. Vários números indicam essa tendência, como os do terceiro trimestre de 2020, onde foram realizados cerca de 79,2 milhões de pedidos via internet. Isso equivale a 76% de aumento em relação ao mesmo período de 2019, como mostrou a Neotrust/Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce. Assim sendo, veja a seguir 10 tendências do e-commerce para 2021. De investimentos na área de tecnologia a novos produtos e serviços, acompanhe as principais estratégias para ter sucesso no setor durante o próximo ano.

Pix – Principal tendência do e-commerce para 2021

Ainda que locais como China, Índia e países da Comunidade Europeia já tenham meios de pagamento instantâneos, a novidade agora chega ao Brasil. O PIX é um serviço do Banco Central, que impactará no e-commerce. Ele envolve pessoas que até então não tinham vínculo com serviços como o de bancos. Além disso, ele agiliza os outros tantos processos de transferências em segundos, bem como pagamentos, o que reflete no processo dos varejos. 

Internet 5G

A tecnologia 5G no Brasil chega com tudo no e-commerce para 2021. Esta nova velocidade de conexão permite ainda mais agilidade e volume de dados entre as pessoas. A qualidade de conexão vai beneficiar muito as lojas virtuais. Assim sendo, é muito importante ficar de olho nesta tendência. Afinal de contas, fatores como a lentidão de sites e páginas podem interferem em páginas e aplicativos. Isso afeta diretamente o interesse do consumidor em continuar navegando por sua página.

Integração omnichannel

Mais uma tendência que começou este ano e irá se fortalecer ainda mais em 2021. Integrar meios físicos e virtuais para qualquer empresa, sobretudo de e-commerce, fará toda a diferença para os clientes. Neste sentido, o atendimento pode começar em um canal e migrar para outro para uma compra ser consolidada. Instagram, Whatsapp, redes sociais e site de contato devem trabalhar juntos para sua loja virtual ampliar o fechamento de negócios.

Voice Commerce – Outra grande tendência do e-commerce para 2021

Assistentes virtuais como a Alexa, da Amazon, e o Home, do Google Home, são recursos que possibilitam o Voice Commerce. Assim, este dispositivo tem sido um grande aliado das vendas virtuais, principalmente no mercado americano, levando em consideração a influência da língua. A constante atualização desse meio, inclusive, tem ajudado muito o usuário no momento da compra. Isso ainda facilita as transações do vendedor. A indústria prevê crescimento de 52% nos próximos 4 anos. Este dado considera os cerca de 20% dos consumidores americanos que já realizaram compras assim.

A Shoppable

Sempre foi desejo das pessoas poder ter peças vistas, muitas vezes, em personagens de séries, filmes ou aquele artista que sempre lança tendências. E, mais do que isso, no momento em que a peça é exibida. E essa é uma realidade cada vez mais próxima. Afinal, nas redes sociais, como Instagram, a compra on-line da peça já pode rolar dentro das tendências do e-commerce. E isso, sem a necessidade de entrar em um marketplace ou baixar um App dessa marca. A novidade beneficia empresas que, além de vender, se afirmam fortes em outros ambientes e se engajam com seu público. Por isso esta é uma tendência que deve ganhar cada vez mais força.

LGPD – A lei de proteção de dados

Se você ainda não ouviu falar da LGPD, saiba que no próximo ano esse será um dos principais assuntos para lojas virtuais. É que as empresas que não se adaptarem a nova legislação poderão sofrer multas e punições, prejudicando muito seus negócios. Isso também é muito importante para construir uma relação de confiança com o cliente. É preciso obter a autorização de pessoas para armazenar seus dados bancários. Além disto, a publicidade e o conteúdo que as empresas tem do público-alvo também serão afetados.

ReCommerce

O reuso de peças já usadas tem crescido muito, impulsionado, principalmente, pelo comportamento do consumidor. Agora questões sustentáveis têm ganhado muito mais espaço com o jovem, o mesmo que está presente no ambiente virtual. Assim, celulares, eletrônicos, eletrodomésticos, roupas, sapatos e móveis vem sendo alguns dos produtos mais reaproveitados. O recommerce é um tipo de nicho que já vem sendo feito por marcas e empresas e tende a motivar ainda mais outros segmentos a fazer o mesmo. 

Planejamento de promoções

Explorar datas comemorativas sempre foi importante para comércio físico e virtual. Mas em 2021 esta tendência deve ir além e ser ainda maior. Além de trabalhar com o calendário convencional, vale investir em datas como o aniversário dos clientes. Nestes aspectos, promoções e produtos exclusivos para eles farão uma grande diferença. Além de fidelizar pessoas, isto também vai contribuir para atrair o seu público-alvo de forma mais abrangente. Vale a pena fazer este investimento.

Customização

Melhor do que se identificar com algo é saber da sua exclusividade. E com isso é compreensível o porquê de as peças customizadas estarem tão em alta entre os mais diferentes públicos. Muitas marcas já fazem isso, inclusive grandes como a Nike. Mas além dela outros ramos também devem aproveitar essa tendência do e-commerce para 2021. Processos mais inteligentes de “fullfilment”, acessíveis devido a popularização das impressoras 3D aproximam ainda mais este universo do consumidor.

Sustentabilidade

Com a transformação constante do consumidor, a sustentabilidade é um diferencial das empresas. Ter preocupação com o meio ambiente e provar com atitudes que isso faz parte dos valores do negócio, se torna um diferencial competitivo e é é uma das grandes tendências do e-commerce para 2021. Desta maneira, tome cuidado com embalagens e uso excessivo de plástico e papel na entrega das mercadorias. Vale lembrar que as marcas que se relacionam com o consumidor moderno a partir da sustentabilidade, ganham relevância e destaque pela consciência em comum. A transformação que o mundo passou com a pandemia fez o e-commerce ganhar cada vez mais força. Com isso, temos um universo mais digital, que muda também o comportamento do consumidor. Ele passa a estar mais atento a questões ligadas ao sustentável e questões éticas dos negócios. Estes passos farão toda a diferença como tendência do e-commerce para 2021. Por isso fique de olho neles para seu e-commerce ter muito sucesso.

Somos Expert em Soluções Magento

Há quase 10 anos no mercado, a Tezus desenvolve soluções customizadas de e-commerce com a melhor plataforma do mundo.

Saiba o que a Tezus pode fazer pelo seu e-commerce

FALE COM UM ESPECIALISTA